Qual importância do cálcio após a cirurgia bariátrica?

O Cálcio é um dos mais importantes e estudados minerais do organismo, em virtude da sua relação com a formação e manutenção da massa óssea. Está distribuído da seguinte forma: 98% nos ossos; 1% nos tecidos; 1% nos dentes.

Função: força e estrutura dos ossos, contração muscular, transmissão de impulsos do sistema nervoso e cérebro, manutenção dos batimentos cardíacos, coagulação sanguínea e secreção de hormônios. O consumo de cálcio durante a vida é um pré-requisito para a saúde do osso, pois o cálcio é necessário para formação deste durante o crescimento e para a manutenção e integridade durante a fase adulta.

A deficiência de cálcio pode ocasionar: retardo no crescimento, raquitismo, osteopenia (10 a 25% perda massa óssea), osteoporose (superior a 25% perda de massa óssea), convulsões1, fadiga muscular, constipação, hipertensão. A osteopenia ocorre por prolongada baixa ingestão de cálcio que induz uma retirada do mineral dos ossos para manter o coração e os músculos funcionando adequadamente.

Fontes alimentares de cálcio: leite, iogurte e queijos são as fontes mais ricas em cálcio e de mais fácil absorção. Invista em alimentos à base de soja, ingerindo assim mais isoflavonas. Ex: grão de soja, farinha de soja, leite de soja, tofu. Vegetais verde escuro, leguminosas, amêndoas e sardinha são ótimas fontes de cálcio, apesar de não serem laticínios.

A vitamina D é importante para a fixação do Cálcio nos ossos, e para que ocorra a sua síntese, é necessário a exposição diária ao sol, no mínimo 15 minutos, antes das 10 horas da manhã ou após às 16 horas. Os alimentos fonte de vitamina D são os peixes e os alimentos fortificados (leites e cereais). Atenção, pois devido à bariátrica não são todos os tipos de suplementos a base de cálcio que são bem absorvidos no organismo, por isso melhor a suplementação deve ser seguida conforme a prescrição do médico ou nutricionista.