Se preparando para cirurgia bariátrica: O que preciso saber e mudar na minha alimentação?

A média de peso após a cirurgia é:

  • 3 meses = 35% do excesso de peso eliminado
  • 6 meses = 50-60% do excesso de peso eliminado
  • 1 ano até 2 anos e 6 meses após a cirurgia a perda de peso fica em torno de 60 a 90%, sendo a média de 80%.

É importante pensarmos também avaliarmos a composição corporal, pois somente o IMC e o cálculo de excesso de peso, não consideram a quantidade de massa magra (músculos) e a quantidade de gordura de cada indivíduo, por isso acompanhe sua composição corporal através da Bioimpedância.

Vamos para as regras do sucesso!

  1. Proteína: Prioridade SEMPRE em todas as refeições (carnes e derivados, leites e derivados e ovos) que devem ser a metade da refeição. Ela é fundamental para o funcionamento adequado do organismo e para manutenção muscular na atividade física. Está presente no leite e seus derivados, carnes em geral, ovo, soja e feijão. A deficiência dela pode causar anemia, queda de cabelo, unhas fracas, fraqueza muscular, desnutrição grave, sensação de cansaço e fadiga.
  2. Suplemento alimentar: É de grande importância continuar a utilizar o leite em pó ou Wheyprotein ou Albumina em pó ou outro suplemento orientado pela sua nutricionista. O suplemento vai ajudar a manter ou aumentar a massa magra (massa muscular) e evitar o reganho de peso.
  3. Suplemento de Vitaminas e minerais: É para sempre, para o resto da vida! Nunca parar de tomar as vitaminas e os minerais sem antes consultar a equipe. Somente com a alimentação não conseguimos manter o aporte adequado de vitaminas para o corpo, por isso elas devem ser ingeridas obrigatoriamente de acordo com a prescrição do médico e/ou nutricionista.
  4. Frequência alimentar e disciplina: Alimentação frequente e em pequenas quantidades é fundamental para o sucesso no tratamento. Procure alimentar-se de 2/2h ou no máximo de 3/3h de acordo com a orientação de sua nutricionista. Vale a pena lembrar que a frequência alimentar não significa liberdade para qualquer alimento, estes alimentos devem ser nutritivos e ricos em proteínas. Assim, você também evita beliscadas fora de hora e reganho de peso.
  5. Atividade Física: Para o sucesso no tratamento, a atividade física é fundamental. A recomendação é de no mínimo 3x na semana associando atividade aeróbica e musculação. A musculação é fundamental para o ganho de massa magra (massa muscular) e o exercício aeróbico na queima de gordura. É bastante comum à perda de massa magra durante o primeiro ano de pós-operatório, por isso musculação é de extrema importância nesse processo. Informe ao seu nutricionista o tipo de atividade física e a frequência para que a dieta seja adaptada de acordo com a sua necessidade.

 


Prato para o bariátrico

Prioridade para Proteínas (carnes e derivados, leites e derivados e ovos).
Após, preferir o consumo de verduras/legumes e frutas que são as fontes de vitaminas e minerais.
Procure variar.
Os carboidratos são em pequena quantidade, sempre.
Quando o paciente ultrapassa a quantidade tolerada pelo estômago ou come muito rápido, corre o risco de náuseas e vômitos.
NUNCA FORCE O LIMITE.


EXEMPLO DE CARDÁPIO

Desjejum (café da manhã):

  • Café com leite ou Achocolatado light c/ Leite desnatado ou 200ml ou 1 xíc iogurte
  • Pão – 2 fatias de pão integral ou ½ pão francês
  • Queijo mussarela ou ricota ou minas ou presunto – 1-2 fatias
  • Margarina ou Requeijão LIGHT ou patê – 1 colher de sobremesa

Colação (lanche da manhã):

  • 1 copo de iogurte ou batida de fruta ou vitamina de fruta ou 1 ovo cozido
  • Tomar líquidos no intervalo (mínimo 200 ml)

Almoço:

  • Proteína: Carne de qualquer espécie – 100g ou 1 porção do grupo da carne
  • Proteína: Feijão ou lentilha ou ervilha ou grão-de-bico – 1 concha ou ½porção da carne
  • Saladas e Legumes – à vontade ou 1 fruta
  • Arroz ou batata ou massa ou polenta ou aipim ou purê – 3 colheres de sopa ou 1 fruta ou 1 porção grupo arroz
  • Bebidas: não ingerir durante o almoço
  • Tomar líquidos no intervalo (mínimo 200 ml)

Lanche da tarde:

Opção 1:

  • Café com leite ou Achocolatado light c/ Leite desnatado ou 200ml ou 1 xíc iogurte
  • Pão – 2 fatias de pão integral ou ½ pão francês
  • Queijo mussarela ou ricota ou minas ou presunto – 1-2 fatias
  • Margarina ou Requeijão LIGHT ou patê – 1 colher de sobremesa

Opção 2:

  • 1 copo de iogurte + 2 colheres de leite em pó + 1 fruta + 2 colheres aveia ou granola ou cereal em barra
  • Tomar líquidos no intervalo (mínimo 200 ml)

Jantar: Igual ao almoço

Ceia:(opcional)

  • 1 copo de Iogurte light ou vitamina de frutas ou leite