Vitaminas do Complexo B

Os alimentos fonte de vitaminas do complexo B devem ter permanente presença no cardápio dos pacientes em pós operatório de cirurgia bariátrica, pois, comumente, devido à restrição gástrica e má absorção, observa-se a deficiência desses nutrientes. Nos exames sanguíneos realizados na rotina do pós-operatório verificam-se apenas as dosagens de ácido fólico e B12 (Cobalamina), assim podem-se detectar as demais carências apenas com os exames clínicos que devem ser mantidos em longo prazo.

As vitaminas do complexo B são denominadas como hidrossolúveis e por essa facilidade de se diluir em meio líquido possuem grande capacidade de perda por vias como: suor, saliva, urina, fezes. Em virtude disto necessitam de reposição diariamente através da alimentação. São elas:

B1 ou TIAMINA: auxilia no metabolismo dos carboidratos; favorece a absorção de oxigênio pelo cérebro; equilibra o sistema nervoso e assegura o crescimento normal. Sintomas de Carência: perda de peso e apetite; nervosismo; fraqueza muscular; distúrbios cardiovasculares, constipação, confusão, perda memória. Fontes Alimentares: carne de porco, nozes, lentilha, soja, gema de ovos. pães integrais, germe de trigo, peixe, frutas, feijões, cereais integrais, batatas, levedo de cerveja, fígado, amendoim, vísceras, leite, legumes raízes e pescado.

B2 ou RIBOFLAVINA: conserva os tecidos, principalmente os do globo ocular. Sintomas de Carência: dermatite seborréica; lesões nas mucosas, principalmente nos lábios e narinas; fotofobia (fobia a luz), visão borrada, catarata, depressão Fontes Alimentares: fígado, rim, lêvedo de cerveja, espinafre, berinjela, leite e derivados, ovo (gema), peixe, germe de trigo, amêndoas, verduras, cereais integrais, vegetais verdes folhosos.

B3 ou Niacina: auxilia processos metabólicos, convertendo a energia vinda dos carboidratos, proteínas e gorduras da alimentação para a utilização no organismo. Também, na forma de ácido nicotínico, age na redução do colesterol total e eleva o HDL colesterol. Sintomas de Carência: pele rachada e escamosa, diarréia, irritabilidade, depressão, tremores, fraqueza. Podendo causar demência e alucinações, Mau hálito, aftas, dermatite, diarréia, instabilidade emocional, fadiga, perda de apetite, fraqueza muscular, náuseas, e inflamações. Fontes Alimentares: carnes, aves, peixes, grãos inteiros, nozes, leite, ovos, milho (são fontes de triptofano, substância que no organismo se transforma em niacina).

B5 ou Àcido Pantotênico: necessário para converter carboidratos, gorduras e algumas proteínas em energia no organismo, além de participar da produção de alguns hormônios e da formação de hemoglobina e neurotransmissores (acetilcolina). Sintomas de Carência: severas dores e formigamentos dos pés, dores de cabeça, insônia, náuseas fadiga, depressão, cãibras abdominais. Dores, perda de cabelo, disfunção imune, irritabilidade, espasmos, má coordenação. Fontes Alimentares: carnes de órgãos, salmão, verduras, cereais integrais, ovos e fermento.

B6 ou piridoxina: permite a assimilação das proteínas, dos carboidratos e das gorduras. Importante na formação do triptofano e sua conversão para Niacina, também na formação da hemoglobina. Sintomas de Carência: anemia, dematite, inflação da língua e mucosa da boca, fraqueza, tontura, náuseas e vômitos, irritabilidade e depressão. Fontes Alimentares: fígado, peixe, carne de porco, soja, brotos de trigo, amendoim ou nozes, cereais integrais, batata, banana, aveia, gérmen de trigo, leite, ovos, maçã, levedo de cerveja, sementes de girassol, castanhas, feijão, farinha de aveia, melancia, abacate, manga e legumes, brócolis, espinafre.

Biotina: é importante em numerosos processos do organismo. É produzida pela nossa flora bacteriana intestinal além da quantidade desta vitamina que ingerimos via alimentar. Sintomas de Carência: anemia, dermatite, inflação da língua e mucosa da boca, fraqueza, tontura, náuseas e vômitos, irritabilidade e depressão. Fontes Alimentares: carnes de órgãos, farinha de soja, gema de ovo, peixe, nozes, queijo.

Ácido Fólico: em conjunto com a vitamina B12 é responsável por processos muito importantes no organismo. Sintomas de Carência: anemia; fraqueza, dores de cabeça, palpitação no coração, irritabilidade, diarréia, insônia, Fontes de Alimentares: verduras de folhas verdes, laranjas, legumes, nozes, fígado e carnes de outros órgãos e pães e cereais de trigo integral.

B12 ou cobalamina: colabora na formação das glóbulos vermelhos do sangue e na síntese do código genético. Auxilia na correta utilização do ácido fólico pelo organismo e assim colabora para a adequada função do sistema nervoso. Sintomas de Carência: anemia; perda de peso, palidez, e distúrbios psicológicos, formigamento nos pés e mãos, andar difícil, depressão, constipação. Fontes de Alimentares: alimentos de origem animal: fígado, rim de boi, carnes, pescado, frango, leite queijos, ostra, ovo, peixe, aveia e alimentos integrais.

• A suplementação é muito importante após a cirurgia e para o resto da vida.