Terapia Aquática

Tanto faz a atividade realizada na água como: Caminhar, nadar, andar de bicicleta, realizar exercícios ou fisioterapia; a ausência do impacto proporciona uma atividade física segura e eficaz para esta população obesa.

Os benefícios da água são muitos, mas os mais importantes para a obesidade destacam-se o condicionamento cardiorrespiratório, melhora da força muscular e flexibilidade e principalmente combate o stress emocional devido à sensação de relaxamento que o calor da água proporciona.

Outro fator positivo da terapia na água são os modos como são dadas as aulas podendo ser individuais ou em grupos, proporcionado um poder de adesão maior em relação às outras atividades.

O cuidado para esta terapia é buscar uma piscina que seja adaptada para esta população devendo conter alguns itens básicos do tipo: Rampa no lugar de escadas para descer e subir da piscina, outro cuidado é ter barras na borda da piscina para que o indivíduo possa controlar o alinhamento dos exercícios em casos de paciente com problemas articulares e cuidados na hora de entrar e sair da piscina.

CAROLINA BOEIRA VARGAS
Fisioterapeuta Especialista em Obesidade e Emagrecimento
CREFITO 62-169F